anatomia da tristeza.

Posted by on Jan 2, 2013 in Blog, texto, vida | One Comment

o pior da tristeza é a solidão. a incompatibilidade espiritual. de momento. de vibração. não acho bom me sentir sozinha quando estou acompanhada porque acho que isso é um mau sinal. gostaria de ser amada também quando estou triste. acho que tenho crédito para isso. ou talvez não tenha. talvez eu seja pior. talvez a convivência comigo seja mais amarga do que agradável e isso também é um mau sinal.

lá do fundo surge um sentimento conhecido de longa data. é essa melancolia misturada com a perda de esperança de encontrar o amor. mesmo quando tenho o amor da minha vida sentado no sofá da sala, mesmo quando há um ser de noventa e dois centímetros de puro amor no quarto ao lado. um está puto e a outra já dormiu, mas eles estão aqui e um vazio amargo se faz notar quando não deveria.

vinte e quatro horas atrás estava tudo bem. nada aconteceu e agora estou me sentindo ingrata e culpada e injustiçada e com preguiça de me fazer entender porque tudo o que eu queria mesmo era carinho e atenção. posso não estar certa, mas eu tenho um ponto. na verdade, eu tenho uma promessa: “na alegria e na tristeza”. assinado no contrato em cartório e com testemunhas.

eu não sei lidar com tristezas em geral.

1 Comment

  1. Viviane
    01/09/2013

    Estou tendo este momento agora e ouvindo Tracy Chapman para ajudar :(.
    Sou uma pessoa má? Deveria procurar ajuda ou isso faz parte?

Leave a Reply