Apertem os cintos: o obstetra sumiu.

Posted by on Nov 29, 2010 in Blog, mãe | No Comments

Hoje em dia você pode trazer um bebê ao mundo de diversas maneiras. Tem parto em casa, parto na água, de cócoras, assim e assado. Acho todas essas iniciativas bem legais, mas, cá pra nós, prefiro fazer força no hospital mesmo, com meu médico querido e conhecido.

Com 32 semanas recém-feitas, acabei de saber que meu médico está com férias agendadas para janeiro, ou seja: fiquei de placentas abanando. Falou que tudo bem, que é só chegar na maternidade e “realizar o procedimento com o obstetra de plantão”. Pô, como assim? Quer dizer que passei esse tempo todo com o médico em que confiava pra chegar na hora H e fazero parto com qualquer um? Pode ir parando, doutor: minha filha não é unha encravada, nem dor de barriga.

Toda mãe sabe que a escolha do obstetra é trabalhosa e importante. Você precisa confiar no profissional e estar de acordo com suas “filosofias”. Tem médico que é contra cesárea, tem médico que só faz parto com anestesia, há ainda quem só opera em determinados hospitais e, os mais abundantes, aqueles médicos maravilhosos que são excelentes, mas não são conveniados ao seu plano de saúde.

Lá vou eu reiniciar minha busca pelo obstetra ideal em tempo recorde, que seja pró-parto-normal, competente e super contra tirar férias em janeiro. Força na peruca.

Leave a Reply