Glíteres, minha empresa-coração.

Glíteres, minha empresa-coração.

Posted on Jan 8, 2014 in Blog, eu que fiz, vida | 2 Comments

O ano mal começou e já comecei a aprontar. Saí de uma agência para entrar em todas. Deixei cinco clientes para ter dezenas. Loucura? Calma aí que eu explico. Essa é a Glíteres, minha empresa-coração que nasceu pra ajudar agências e clientes a trabalharem melhor juntos. Workshops, talks, brainstorms e trend reports. É desse jeito que a ...

O que faltava de 2004 – uma história verídica.

O que faltava de 2004 – uma história verídica.

Posted on Oct 19, 2013 in Blog, novela | 5 Comments

Já havia começado o ano meio perdida, mas nesse momento específico da história, me perdi em termos gerais. A bagunça emocional somada à grana apertada e à falta de liberdade dentro da casa da colina eram fatores pesados de uma equação chata. As esperanças de sair desse contexto repressor eram baixíssimas – eu não tinha ...

Altos e baixos de 2004. – uma história verídica.

Altos e baixos de 2004. – uma história verídica.

Posted on Oct 12, 2013 in Blog, novela | One Comment

  Foi com dezenove anos que aprendi que arrependimento e câncer são duas coisas que nascem no mesmo lugar. O triste fim do namoro mais legal da minha história consumiu toda a minha energia vital e acabou me apresentando atalhos para a vida que foram prontamente aceitos diante da evidente falta de envergadura emocional que ...

A relação entre agências e clientes, Jeff Benjamin, SuperNanny e a minha terapeuta.

A relação entre agências e clientes, Jeff Benjamin, SuperNanny e a minha terapeuta.

Posted on Jul 12, 2013 in Blog | One Comment

Contra fatos não há argumentos: o consumidor mudou mesmo. Tem mobile, tem tablet, tem voz, tem 4G, tem um monte de novos x, y e z para compor as equações de comunicação, varejo e engajamento. Quem nunca olhou pra cima durante uma reunião, dizendo que ou os clientes se adequavam à nova realidade do consumidor, ...

Me dá.

Me dá.

Posted on Jun 26, 2013 in Blog, eu que fiz | One Comment

Fiz uma música quase nova com uma primeira estrofe composta há dez anos. Não gravei a canção porque minha filha está dormindo, mas vim publicar a letra aqui porque é como compartilhar um pequeno -inho, inhozinho – milagre. me dá um lá pra eu me afinar no mesmo tom em que você está me dá ...

Era eu.

Era eu.

Posted on Jun 24, 2013 in Blog, eu que fiz, vida | 3 Comments

E havia sempre a necessidade de ser mais e estar por cima. De fazer todo mundo aplaudir minha história do roteiro inusitado, das personagens peculiares, dos desfechos inéditos. Foram anos avaliando diálogos em tempo real, esperando a linha certeira, escrita por Caio Fernando Abreu. Esse é o perigo de crescer numa cidade monótona. O perigo ...

tema para a manhã*

tema para a manhã*

Posted on Jun 2, 2013 in Blog, eu que fiz, texto | One Comment

fiquei contando no relógio o tempo que demorava para você se virar, sentar na beira da cama, reclamar das costas, olhar pela janela, lembrar do trabalho inacabado do dia anterior, calçar os chinelos, olhar pra mim e dizer que me ama colado num bom dia transbordando sono. um minuto e vinte e três segundos, pra ...

Madrugada saramaga.

Madrugada saramaga.

Posted on May 2, 2013 in Blog, eu que fiz, texto | No Comments

Ui, era frio. Frio, frio, enroscado no vento úmido que batia nos ossos e fazia cachorros se encolherem, prostitutas se arrependerem e, bem, você entendeu. Essas eram as condições climáticas daquele dia em que ela estava acendendo um cigarro a cada página redigida em ritmo de metralhadora, no quarto escuro, iluminado apenas pela tela do ...

Confessionário

Confessionário

Posted on Apr 24, 2013 in Blog, mãe, vida | 2 Comments

Ainda bem que nem tudo aqui dentro estava enrijecido com as certezas, medos e espinhos que fui guardando no bolso. Ainda bem que ouvi uma música que contava uma história de amor bobinha e chorei. Que bom que olhei para o mar recebendo o sol num sorriso brilhante e vi poesia nesse que é o ...

A menor distância entre dois pontos é uma pergunta.

A menor distância entre dois pontos é uma pergunta.

Posted on Jan 24, 2013 in Blog, eu que fiz, texto | One Comment

Quando o trânsito transborda em grandes cidades como a minha e a sua, o tempo congela em algum outro planeta. Quem está ao volante se vê indo de zero a cem na fúria a cada freada, a cada sinal que amarela. Quem tem um pouco de juízo aprendeu que paciência é desistir da raiva e ...