Petit Comité

Posted by on Jul 11, 2016 in Blog, eu que fiz, texto, vida | No Comments

A memória de um toque físico foi a primeira. O medo da segunda-feira e suas filhas ansiedade, culpa e pressa de chegar logo o próximo sábado, todos entrando em grande alvoroço. O vento bagunçando as folhas que as árvores insistem em segurar – esses no maior climão. A resolução de um mistério num vestido básico. A vontade de organizar e eliminar itens das listas de tarefas, “que bom que você veio!”. Sono deu só uma passadinha, mesmo. Fome de viver, tímida, mas presente. Saudade de gente querida bem ali, tomando conta da mesa central. Surpresas musicais entraram mandando beijos aos fotógrafos e animaram os demais. Preocupação com o mestrado ficou no bar. Lembrança de mandar aquele abraço pra vizinha querida veio com brownies e outros doces para a alegria geral. Animação pra fazer o almoço pra cinco dedicou canção no fim da festa.

Leave a Reply